Grupo de Jovens de Anjo

Vós sois o Sal da Terra a luz do mundo: no Evangelho de Marcos 9, 50

Ateus declaram ‘guerra ao Natal’ nos EUA

Deixe um comentário

Pax Christ irmãos!

Hoje trago para vocês uma matéria que encontrei no site BBC Brasil há poucos dias e que realmente chamou minha atenção pelo título:

Ateus declaram ‘guerra ao Natal’ nos EUA

Imaginei logo o que seria e não me enganei!

Grupos de ateus estão se mobilizando para impedir decoração natalina em locais públicos nos Estados Unidos, em um movimento batizado por jornais americanos de ‘Guerra ao Natal’.

Abaixo deixo para vocês a matéria, e depois deixo também o meu comentário sobre este ocorrido.

Após queixa de grupos ateístas, juíza em cidade na Califórnia proibiu tradicional festa religiosa em praça local.

Presépio ateu exposto em um prédio público em Wisconsin. (Foto: BBC)
Presépio ateu exposto em um prédio público
em Wisconsin. (Foto: BBC)
Grupos de ateus estão se mobilizando para impedir decoração natalina em locais públicos nos Estados Unidos, em um movimento batizado por jornais americanos de ‘Guerra ao Natal’.

Os ateus formam um grupo pequeno no país – em que 73% da população é cristã -, mas que tem crescido ao longo dos últimos anos. Segundo dados de 2012 do Fórum Pew sobre Religião e Vida Pública, 2,4% dos americanos são ateus – em 2007 eram 1,6 %.

Mesmo sendo minoria, eles têm conseguido vitórias importantes em tribunais americanos – e é na época do Natal que a briga entre religiosos e secularistas fica mais feroz, com cada um deles querendo marcar presença nas propriedades públicas.

Em novembro, uma juíza de Santa Mônica, comunidade costeira de 90 mil habitantes próxima a Los Angeles, na Califórnia, proibiu toda e qualquer manifestação natalina em um parque da cidade, quebrando uma tradição de mais de 60 anos.

Na cidade de Leesburg, no Estado da Virgínia, em uma tentativa de apaziguar os dois lados, as autoridades decidiram patrocinar uma exibição no gramado do fórum local durante a época de festas de final deste ano com símbolos seculares e religiosos.

O objetivo da exigência de solicitação formal é evitar que as exibições fiquem fora de controle e possam se tornar ofensivas. Desde 2009 até este ano, qualquer grupo podia montar a apresentação que quisesse no gramado do fórum.

Mas as exposições dos grupos ateístas começaram a ser consideradas pela comunidade como muito ofensivas, pois supostamente debochavam das religiões ao promover ‘entidades’ como a Igreja do Monstro do Espagueti Voador ou exibir um esqueleto vestido de Papai Noel preso a uma cruz.

Para a exposição deste ano, o grupo American Atheist preparou uma exposição focada em ciência, chamada de Science on the Lawn (Ciência no Gramado, em tradução livre).

Exposição ateísta questiona celebrações natalinas.

Nova estratégia
Os grupos ateístas dizem que, embora não tenha havido uma grande vitória judicial definitiva em favor de sua causa, cada vez mais tribunais locais têm aceito o argumento de direito à igualdade no tratamento e respeito dados à sua convicção secular.

‘Ter um presépio em uma propriedade do governo dá a impressão de que esse promove o cristianismo, e isso é ilegal, segundo a Constituição’, disse à BBC Brasil Hemant Mehta, diretor da Foundation Beyond Belief (Fundação Além da Crença, em tradução livre), organização que promove atividades caritativas baseadas no humanismo e livres de vínculos religiosos.

‘O governo não deve tomar lados quando se trata de crenças religiosas. Lutamos por patriotismo’, diz ele, que contou que o sucesso recente de grupos ateus talvez se deva a uma mudança de estratégia nas suas reivindicações na Justiça.

‘Nos últimos anos, houve uma mudança na maneira pela qual os ateístas lidam com a exibição de presépios em espaços públicos. Em vez de fazer o que sempre fazíamos e processar os governos locais, algo que exige tempo e dinheiro, agora exigimos nossas próprias exibições nos mesmo espaços’.

Mehta também acredita que a internet teve um papel importante para aumentar a fileira dos ateus no país. Ela ajudou aos ateístas a ‘saírem do armário’ e se sentirem menos intimidados pela tradicionalmente religiosa sociedade americana.

‘Graças à internet, hoje as pessoas podem descobrir a verdade mais rapidamente do que nunca. É possível pesquisar fatos sobre seu pastor na web mesmo enquanto você está sentado no banco da igreja assistindo à missa’, disse Mehta à BBC Brasil.

As pequenas vitórias dos ateus têm obtido destaque – e críticas – na imprensa americana. William Becker, advogado de um grupo de igrejas cristãs, disse ao Los Angeles que a decisão da juíza de Santa Mônica foi ‘uma vergonha para o Natal’. ‘Pôncio Pilatos era exatamente o mesmo tipo de administrador’.

Em uma recente coluna para o Washington Post, Charles C. Haynes, diretor do Religious Freedom Education Project (Projeto de Ensino sobre Liberdade Religiosa, em tradução livre), defende estar na hora de os ateístas ‘aceitarem a vitória e ficarem em casa para dar espaço às celebrações de Natal’.

‘Entendo o porquê de os ateístas quererem assegurar que a religião não seja privilegiada pelo governo em praça pública. Mas, em um certo ponto (e Santa Mônica, sem dúvida, chegou a esse ponto) táticas agressivas se tornam contraprodutivas e desnecessariamente divisivas’, diz Haynes.

Em primeiro lugar lhes pergunto: Os presépios em praças públicas já causaram mal a alguém? Já houve atritos entre pessoas por estarem querendo ver de perto o menino Jesus? Talvez alguém nas filas já tenha discutido por algum empurra empurra, mas será isto um grande motivo para acabarmos com essa tradição de mais de 800 anos?

O presépio é talvez a mais antiga forma de caracterização do Natal, que significa em hebraico “a manjedoura dos animais”, mas a palavra é usada com freqüência para indicar o próprio estábulo. Nada mais é do que uma linda representação do nascimento Daquele que é o Salvador!

Mas deixando de lado o esplêndido significado que o presépio traz, neste post vamos nos focar neste episódio infeliz que traz consigo pensamentos tão pobres!

Não bastasse o Natal ter se tornado mais comércio e troca de presentes do que adoração ao Cristo que nasce, agora vêm estes infelizes ateus com esta ”nova estratégia”  que diz que: em vez de fazer o que sempre fazíamos ( ateu ) e processar os governos locais, algo que exige tempo e dinheiro, agora exigimos nossas próprias exibições nos mesmo espaços”.

Bom, enquanto famílias se preparam para o Natal, talvez uma das poucas épocas do ano em que se reunem com os mais queridos, enquanto Igrejas e outras boas pessoas e entidades tentam levar mais caridade aos necessitados, enquanto alguns rezam e fazem suas promessas e agradecimentos por um mundo melhor, outros simplesmente estão tentando acabar com isso pelo fato de não fazerem parte dele! Não por não poderem, mas por não conhecerem! Se estas pessoas que declaram guerra ao Natal conhecessem o sentido deste, com certeza não lutariam pela mesma causa de agora. Porém a cegueira da ignorância e um pensamento miserável de querer tudo como eu quero e ponto final, não permiti que   haja uma abertura a verdade!

É citado no texto abaixo que: “Graças à internet, hoje as pessoas podem descobrir a verdade mais rapidamente do que nunca.

Mas que verdade seria essa? A verdade que cada um acha que é melhor? Isso não pode ser a verdade, pois a verdade É IMUTÁVEL!

A verdade agora é que o mundo se deixa influenciar por alguns poucos que dizem querer o próprio bem e ainda acham isso bom! Se esquecem do ensinamento de ser melhor para o próximo, de agradecer por tudo que temos, que lutar pelos que precisam, de perdoar e amar. O povo se torna mesquinho perante atos que ferem as familias e seus valores!

Pessoas que se afastaram do ”bem” lutam pelo o que? Lutam por levar pensamentos vazios e fúteis a quem já não anda em um caminho firme, e infelizmente muitas vezes conseguem o que querem!

Então eu, no meu dever de Católica, venho pedir para que vocês não se deixem influenciar por palavras vazias, não peço nem para que concordem comigo, mas que busquem a fundo o que realmente é o bem! Lutem pelos valores das familias, das boas tradições, da verdade que julga todos igualmente e não pede nada além do amor ao próximo!

Que Cristo resnaça com todos nós, nos mostrando o verdadeiro caminho!

Obrigada Senhor, pela sabedoria de poder compreender os teus ensinamentos! Iluminai meu Deus estes pensamentos pobres e distantes da verdade!

Fiquem com Deus e Feliz Natal! Jesus Cristo nasce e nos traz a Salvação!

Fontes:   http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/12/121207_natal_ateu_as_lg.shtml

http://www.catequisar.com.br/texto/materia/celebracoes/natal/12.htm

Cássia Akiko Kawamura

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s