Grupo de Jovens de Anjo

Vós sois o Sal da Terra a luz do mundo: no Evangelho de Marcos 9, 50

Confissão ( Sacramento da Penitencia )

Deixe um comentário

A Paz de Cristo meus amados irmãos!

20121010-004131.jpg

Hoje vamos falar sobre a Confissão.
Aproveitando a graça enorme de ter este trabalho maravilhoso em mãos que é o YouCat, eu não posso deixar de compartilhar com vocês o que de novo venho aprendendo.
Então, jovens bora pra leitura:

Já dizia Thomas Stearns Eliot, poeta estadunidense e inglês que:
O arrependimento transborda do reconhecimento da verdade.
E complementou Santo Cura d’Ars que:
Depois de cada pecado reconhecido, ressuscitemos! Pecados, nem um instante os deixemos no coração.

Primeiro vamos entender o que é o pecado e depois então passamos a confissão:

67- Youcat
O que é o pecado?
O cerne do pecado é a rejeição de Deus e a recusa de aceitar o Seu amor. Isto revela-se no desdém pelos Seus mandamentos. [ 385-390 ]
O pecado é mais do que um comportamento errôneo; é também uma fraqueza física. Na sua natureza mais profunda, essa rejeição ou destruição de algo bom é a recusa do Bem por excelência, isto é, a recusa de Deus. O pecado, a sua mais profunda e terrível dimensão, é a separação de Deus e, com isso, a separação da fonte da Vida, daí que a morte seja também a consequência do pecado: Jesus sofreu a rejeição de Deus no Seu próprio corpo. Ele tomou sobre Si a violência mortal do pecado, para ele não nos atingir. É neste sentido que usamos a palavra “redenção”.

224- Youcat
Como se designa o sacramento da Penitencia?
O amor de Cristo revela-se no fato de Ele procurar quem está perdido e curar quem está doente. Por isso, são-nos concedidos os >Sacramentos da cura e da regeneração, nos quais somos libertos do pecado e fortalecidos nas debilidades do corpo e da alma. [1420-1421 ]

225- Youcat
Que nomes dar ao sacramento da penitência?
O >Sacramento da Penitência também é designado por sacramento da Reconciliação, do Perdão, da Conversão ou da Confissão. [ 1422-1425, 1486 ]

232- Youcat
Como se constitui a Confissão?
A cada Confissão pertencem o exame de consciência, o arrependimento, o propósito, a confissão e a penitência. [ 1450-1460, 14900-1492, 1494 ]
O exame de consciência deve existir fundamentalmente, mas não tem de ser exaustivo. Sem um real arrependimento, isto é, apenas com uma confissão de lábios, ninguém pode ser absolvido do seu pecado. Igualmente imprescindível é o propósito de, no futuro, não mais cometer esse pecado. O penitente tem de expressar o seu pecado diante do confessor incondicionalmente; portanto, tem de se confessar disso. Pertence à Confissão, finalmente, a reparação ou penitência, que o confessor ordena ao penitente, para reparar o dano causado.

Absolvição ( lat. Absolvere= desligar, libertar )
A absolvição do sacerdote é o perdão sacramental de um ou mais pecados após a confissão dos pecados do penitente.
A formula de absolvição é a seguinte:

Deus, Pai de misericórdia, que, pela Morte e Ressurreição de Seu Filho, reconciliou o mundo Consigo e enviou o Espírito Santo para remissão dos pecados, te conceda, pelo ministério da Igreja, o perdão e a paz. E eu te absolvo dos teus pecados, em nome do pai e do Filho e do Espírito Santo.

239- Youcat
Que efeitos positivos tem a Confissão?
A Confissão reconcilia o pecador com Deus e com a Igreja. [ 1469-1470, 1496 ]
O momento após a absolvição é como um banho após o treino desportivo, como o ar fresco após uma tempestade de Verão, como o despertar numa brilhante manhã de Verão, como a leveza do mergulhador… Está tudo dito na palavra ” reconciliação” ( re= novamente; concilium= concílio, união ) : a nossa relação com Deus
fica novamente limpa.

Aqui aprendemos um pouco do que é a Confissão, vimos que necessitamos dela para voltar para junto de Deus.

“Não é justo pensar que deveríamos viver de um modo em que o perdão não era necessário. Devemos aceitar a nossa fragilidade, mas permanecer a caminho, nunca se dar por vencido mas prosseguir e, mediante o sacramento da Reconciliação, converter-nos sempre de novo a um recomeçar e desta forma crescer, amadurecer para o Senhor, na nossa comunhão com Ele.”
Bento XVI, 17.02.2007

A Santa Igreja nos ensina que o pecado é uma ofensa a Deus, uma ruptura da comunhão com Ele e com a Igreja. Sendo assim a reconciliação se faz necessário, pois ela nos traz de volta a comunhão com Deus e com a sua Igreja. Essa reconciliação ensina o Catecismo da Igreja Católica (CIC), nº1440, “é expresso e realizado liturgicamente pelo sacramento da Penitencia e da Reconciliação”.
A confissão é um dos sacramentos de cura que foi instituído por Jesus Cristo. Sabemos que só Deus pode perdoar os pecados e como Jesus Cristo é Deus, a segunda pessoa da Santíssima Trindade tem todo poder de perdoar os pecados (Mc 2,10). Jesus ao instituir a sua Igreja transmite esse poder aos apóstolos e da a eles a autoridade perdoar os pecados em seu nome (Mt 18, 15-18).

O Catecismo da Igreja Católica nos ensina e recorda o Mandamento da Igreja, que devemos confessar pelo menos uma vez ao ano e que seja especificamente para a celebração da Páscoa. A Igreja nos ensina que todos que já alcançaram a idade da razão (7 anos de idade), podem confessarem-se, pois ela intende que a partir dessa idade essas pessoas já podem cometer os pecados mortais, basta que sejam batizados.

“Não se pode confundir a confissão com a abertura a um irmão. A confissão é prestada ao Senhor do Céu e da Terra, na presença de uma pessoa encarregada disso.”
Irmão Roger Schutz

Não tenha vergonha de se confessar, pois Deus já conhece seus pecados. E ruim mesmo é viver longe Dele com o coração pesado de tristezas.
Cássia Akiko Kawamura

20121010-004255.jpg
Fiquem com Deus meus irmãos e que nossa Mãe Santíssima sempre interceda por nós. Amém.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s